17 de mai de 2018

Publicado em:

O desafio de formar uma nação de leitores

reflexões

Apenas 1 em cada 4 brasileiros domina plenamente as habilidades de leitura.



Em um ranking mundial de índice de leitura, o Brasil ocupa a 59ª posição dentre 70 países. Apenas 1 em cada 4 brasileiros domina plenamente as habilidades de leitura.

Esses são dados alarmantes apresentados no documentário Para gostar de Ler, produzido por Francesco Civita, que fala sobre a importância da leitura na Primeira Infância. Já se sabe que uma criança que tem uma família que lê para ela, chega aos 5 anos de idade com 6.000 palavras a mais que aquela que não tem.

http://www.aguasdepontal.com/2018/03/no-parana-cidadaos-podem-trocar.html

Frequentemente os professores questionam como formar crianças leitoras. Desesperados tentam fazer com que seus alunos leiam, frequentem mais a biblioteca. Pais também perguntam: como fazer do meu filho um futuro leitor? Quando devo começar a ler para meu filho?

Será que existe uma fórmula mágica para transformar crianças em leitores?


Qual o significado da leitura para você?

Ler é como estar à mesa de um bar numa conversa solta com o outro. Ler é encontro, recheado de descobertas e revisões. Ao mesmo tempo em que é mergulho em si mesmo, é contemplação de um horizonte, é sair de si e enxergar o mundo sob outra perspectiva.

Ter nas mãos o livro desejado, apreciar sua capa, espiar devagarinho as primeiras palavras, folhear as páginas em toque acariciante, respirar fundo o cheiro do papel.

Leitura é ritual sagrado. É devorar com apetite a narrativa alheia; é invasão, permitida, de privacidade com a possibilidade de complementação com imagens próprias. É também deixar-se invadir.

Sem pudores, ao ler, destaco frases, às vezes parágrafos inteiros, sublinho palavras, como que gritando para mim verdades ocultas. Anoto sentimentos na tentativa de apreender insights.

Ler é lambuzar-se, é contaminar-se de novas ideias, é se deixar levar, transformar. As palavras são vivas e ao recorrer a um livro na prateleira amarelado pelo tempo, não sei mais distinguir os limites do território, até onde sou eu, até onde é o outro.


Que livro você está lendo?

Lembre-se: professores não leitores não formam crianças leitoras, pais não leitores não formam filhos leitores.

Todos podem dar sua contribuição para virar este jogo e transformar nosso país numa nação de leitores.

Fonte: http://ciclovivo.com.br/vida-sustentavel/equilibrio/o-desafio-de-formar-uma-nacao-de-leitores/

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: