29 de mai de 2018

Publicado em: , ,

Falta d'água? Conheça o dessalinizador paraibano de baixo custo

curiosidades meio ambiente notícias



A falta d'água sempre foi uma realidade no Nordeste brasileiro e a escassez dela está se tornando realidade também em lugares onde ela nunca ou pouco faltou, por exemplo, no Sudeste. A previsão de falta d'água em nível mundial preocupa e muito. O que fazer quando o ouro azul realmente valer ouro?

Transposição de rio é uma solução de alto impacto que, bem por isso, precisa ser muito bem planejada para não piorar a situação. Existem outras soluções como a captação da água da chuva, o reuso d'água além da possibilidade de dessanilinizar a água do mar e torná-la potável para uso humano.

No Brasil, Pernambuco e Natal já testaram ou inauguraram dessalinizadores movidos a energia solar em 2015.

Mas agora, a novidade é o premiado projeto da Universidade Estadual da Paraíba que já beneficia 37 famílias em 3 cidades paraibanas, com o baixíssimo custo de R$ 1 mil de produção para um dessalinizador solar. O projeto recebeu o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social em 2017.

Sob orientação do professor da UEPB, Francisco Loureiro, o dessalinizador fora produzido por estudantes do curso de Agroecologia e por agricultores locais, membros da COONAP (Cooperativa de Trabalho Múltiplo de Apoio às Organizações de Autopromoção). O projeto tem uma cartilha explicativa para todos que quiserem ter acesso à esta tecnologia, poderem implementá-la onde for necessário.

Segundo reportagem do G1 Paraíba, este "dessalinizador foi projetado em uma caixa construída com placas pré-moldadas de concreto, com uma cobertura de vidro, que possibilita a passagem da radiação solar". O aquecimento da água promove sua desinfecção (elimina germes e bactérias) e a dessalinização ocorre por evaporação da água quente que, entrando em contato com uma superfície resfriada, condensa os sais nela existentes.

Cada unidade do dessalinizador produz um volume de 16 litros de água potável por dia.

Novas unidades do dessalinizador já estão se espalhando pelo estado da Paraíba.

O futuro promete

Não é só a Paraíba, o Rio Grande do Norte ou Pernambuco que estão vendo a dessalinização da água com um olho no futuro. A notícia mais recente sobre este método de prover água potável vem do Ceará. O governo cearense instalou uma unidade de dessalinização da água do mar no litoral de Fortaleza e vem estudando e investindo nesta técnica para levar avante o seu plano de em até 2020 abastecer parte da população de Fortaleza com água do mar, dessalinizada e potável.

"A alternativa de futuro que temos é complementar o abastecimento humano com a dessalinização da água do mar. Não temos mais dúvidas disso", disse o secretário de Recursos Hídricos do Ceará, Francisco Teixeira à reportagem de André Borges do Estadão.

O Rio de Janeiro também esteve sondando com técnicos de Israel e da Espanha, países referências em dessalinização da água, para a solução da crise hídrica que promete amedrontar cada vez mais o país e o mundo.

Fonte: https://www.greenme.com.br/informar-se/cidades/6517-dessalinizador-paraibano-de-baixo-custo

Fonte e foto originais. G1 Paraíba.

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: