5 de out de 2017

Publicado em:

ROSA DOS VENTOS – SIGNIFICADO, ORIGEM E SIMBOLOGIA

curiosidades


A Rosa dos Ventos é uma representação gráfica que resume os ventos que sopram ao longo de um período de tempo. É uma imagem que representa os seus 4 sentidos fundamentais além dos ventos intermediários. A Rosa dos Ventos corresponde à volta completa do horizonte e basicamente todos os pontos na linha do horizonte podem nela ser localizados.

Uma Rosa de Ventos pode ser formada a partir de 4, 8 ou 16 pontos cardeais e seus intermediários. Em qualquer caso, a Rosa dos Ventos mostra a direção dos quatro sentidos fundamentais para a orientação geográfica: de norte a leste, de leste a sul, de sul a oeste e de oeste a norte.

A ORIGEM DA ROSA DOS VENTOS

O nome “Rosa dos Ventos” deriva da semelhança do desenho dos pontos cardeais com a rosa, pois a representação gráfica destes pontos, lembra as pétalas desta flor.

A Rosa dos Ventos sempre foi uma das ferramentas mais importantes para os marinheiros pois no passado, a sua consulta era muito importante para se saber qual era a direção dos ventos quando se navegava somente com barcos a vela e, portanto, para saber quais eram as possibilidades de se deslocar no mar.

A Rosa dos Ventos constituiu uma uma grande conquista para a navegação porque permitiu ampliar a expansão da exploração marítima, em quaisquer condições meteorológicas.



Este instrumento fora criado no século XIV e tinha como base os ventos sentido no Mar Mediterrâneo. A propagação da Rosa do Vento ocorreu com o desenvolvimento das repúblicas marítimas, em particular a República de Veneza.

Tradicionalmente, o ponto de referência da Rosa do Vento é a ilha de Zante, Grécia, e os principais ventos levavam os nomes das localidades próximas ao Mediterrâneo:


  • Tramontana (norte),Greco (nordeste),
  • Levante (leste),
  • Siroco (sudeste)
  • Ostro (sul),
  • Libeccio (sudoeste),
  • Ponente (oeste),
  • Maestro (noroeste).


Cada vento tem um nome e uma origem muito interessante para se descobrir.

A SIMBOLOGIA DA ROSA DOS VENTOS

Hoje, a Rosa dos Ventos tem uma simbologia de sorte nas novas direções da vida, de coragem de mudar e de espírito de mudança.

Também está ligada à decisão ponderada e às boas escolhas.

Além disso, a Rosa dos Ventos simboliza a unidade dos elementos do universo: a terra, a água, o ar e o fogo, o seco, o úmido, o frio e o quente.

Agora vejamos o que cada vento significa:



O SIGNIFICADO DOS VENTOS

Tramontana

A tramontana é um vento frio proveniente do norte, que pode ocorrer seja quando o céu está claro que quando está nublado. Em caso de tramontana com céu nublado, o conhecimento popular diz que com certeza vai chover.

A origem do nome tramontana não está associada ao pôr-do-sol, como normalmente se pensa. Poderia vir da palavra latina "trans montes", o que significa que esse vento flui do coração dos Alpes, ou seja, do ponto que os antigos romanos identificavam com o Norte.

Uma outra hipótese diz que, considerando o ponto de referência tradicional da rosa do vento, isto é, a ilha de Zante no Mar Jônico, o termo "tramontana" significa as montanhas da Albânia e do Norte da Grécia, ou seja, a direção para à qual este vento sopra.

Greco

O vento greco é assim chamado porque da ilha de Zante, ponto de referência da rosa dos ventos, sopra este vento, do Nordeste até a Grécia.

No inverno, o greco é um vento frio e seco.

No verão, o vento greco sopra como uma brisa de terra ao longo da costa do mar Tirreno e como uma brisa do mar ao longo da costa do Mar Adriático.

Levante

O levante é um vento que sopra do leste ao oeste. Na antiguidade, ele se chamava Apeliote ou Euro. É um vento frio e úmido que traz névoa e precipitações. Quando corre em direção ao Estreito de Gibraltar, pode deixar o mar agitado e causar trombas-d’água.

Siroco

O siroco é um vento quente que vem do Sudeste, e cujo nome está ligado à Síria. Ele sopra mais frequentemente no outono e na primavera e geralmente a sua presença se estende por pelo menos três dias. O siroco nunca dura um único dia e muitas vezes os dias em que este vento sopra são seguidos por um dia de vento frio.

Este vento traz um clima quente e úmido para a Europa e é responsável pelo calor que chega a este continente, vindo das costas da África.

Ostro

Ostro vem do latim "Auster" que significa "vento do sul". É um vento que sopra do sul no mar Mediterrâneo, é um vento quente que traz consigo chuvas e aumento da umidade do ar e da temperatura, mas é apenas temporário.

Libeccio

O libeccio às vezes é chamado de garbino ou africano. É o vento que sopra do sudoeste. Seu nome poderia ser derivado do grego "libykos" (ou seja, "da Líbia") ou do árabe "lebég" (vento da floresta).

Ponente

Zefiro ou Espero são os outros nomes do vento que sopra no Mediterrâneo a partir do Oeste. Normalmente se trata de uma leve brisa de mar durante o verão e no inverno, e indica o fim de uma perturbação meteorológica ou a chegada do tempo bom.

Maestro

Maestro, maestral ou "mistral", do antigo provençal, é um vento que sopra a noroeste. Provavelmente, é por isso que é o vento "mestre" que é o principal de todos os ventos. O maestro sopra quando as correntes de ar polar ou ártico chegam às costas da Provença, França e chegam ao Mediterrâneo.

Fonte https://www.greenme.com.br/viver/arte-e-cultura

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: