11 de out de 2017

Publicado em:

Mapa mostra quanto suborno se paga em cada país da América Latina; confira a posição do Brasil

curiosidades



O mais recente relatório da Transparência Internacional sobre corrupção inclui uma espécie de “mapa do suborno” na América Latina e Caribe, que mostra quanta própria é paga em cada um dos países desta região.

Claro, corrupção não é uma exclusividade latina; é um problema mundial. Inclusive, conforme podemos ver no mapa, alguns países da área são relativamente pouco corruptos.

Como funciona

Com base em uma pesquisa feita com 22 mil pessoas em 20 países da região, o mapa mostra a porcentagem de cidadãos de cada país que disseram pagar um suborno ou trocar favores nos últimos 12 meses para acessar serviços básicos, incluindo escolas, hospitais, funcionários do governo, policiais e juízes.

O pequeno Trinidad e Tobago (6%) é o país mais livre de corrupção da região, seguido, talvez surpreendentemente, pelo Brasil (11%). O único outro país com uma porcentagem abaixo de 20% é a Argentina (16%).

Oito países marcam entre 20% e 30%, como Jamaica (21%), Chile e Uruguai (ambos em 22%), Paraguai (23%), Costa Rica (24%) e Equador, Bolívia e Guatemala (todos com 28%).

A América Central é um ponto mais escuro do mapa, devido ao alto nível de corrupção na Nicarágua (30%), El Salvador (31%), Honduras (33%) e Panamá (38%). Colômbia (30%) e Venezuela (38%) também não estão bem neste quesito.

Os piores três países são Peru (39%), República Dominicana (46%) e o líder México, com 51% – o que significa que mais de metade dos cidadãos mexicanos precisam pagar suborno para ter acesso a serviços básicos.

A América Central é um ponto mais escuro do mapa, devido ao alto nível de corrupção na Nicarágua (30%), El Salvador (31%), Honduras (33%) e Panamá (38%). Colômbia (30%) e Venezuela (38%) também não estão bem neste quesito.

Os piores três países são Peru (39%), República Dominicana (46%) e o líder México, com 51% – o que significa que mais de metade dos cidadãos mexicanos precisam pagar suborno para ter acesso a serviços básicos.

Fonte: https://hypescience.com

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: