6 de ago de 2017

Publicado em:

STF julgará constitucionalidade de lei que determina fim do uso de amianto em telhas - dia 10-08-17

destaques




O que é "amianto"

O amianto, ou asbesto, é uma fibra mineral barata, resistente ao fogo e à corrosão, possui pouco peso e por isso é muito utilizada na fabricação de vários produtos, como: telhas, caixas d’água, componentes de freios de automóveis, pisos, revestimento de máquinas, de roupas contra fogo e isolamento das casas.


As fibras do amianto são tão finas que não podem ser vistas a olho nu. Imagem: Brasil Escola

Os Perigos do Amianto

Torna-se perigoso quando aspirado ou ingerido, pois suas fibras não saem mais do corpo podendo desenvolver tumores no pulmão e no aparelho digestivo.

Segundo a Associação Brasileira de Expostos ao Amianto (Abrea), as doenças que o amianto causa ocorrem principalmente, nos trabalhadores da indústria do amianto ou de mineradoras, pois os mesmos estão expostos diariamente a concentrações mais altas, assim como os trabalhadores da construção civil, profissionais que precisam manipular o produto e os mecânicos que trabalham com freios.

Após a contaminação, os sintomas podem levar muito tempo para aparecer, chegando até a 50 anos.
Alguns médicos afirmam que o amianto só é perigoso quando o seu pó é liberado no ambiente, e isso acontece quando o material é partido, rachado ou danificado. Assim, beber água de uma caixa d’água de amianto não é perigoso.


Quando quebrada, a telha lilbera as fibras do amianto no ar. Imagem: Brasil Escola

Mas a gerente do Programa Estadual do amianto do Ministério do Trabalho em São Paulo, Fernanda Giannasi diz o seguinte:

"há riscos de uma pessoa desenvolver complicações como o câncer, caso possua objetos fabricados com amianto em casa. Existe o risco. O produto (caixa d’água ou telha) tem uma fina camada externa de cimento, mas com o tempo ocorre o desgaste e ele vai liberando as fibras no ambiente. Na fase de instalação de uma telha, por exemplo, é comum que a telha seja perfurada. A poeira que se solta é altamente contaminante. Muita gente também passa a vassoura ou outros materiais abrasivos que acabam desgastando ainda mais os produtos e liberando o pó.”

“E a Resolução 348 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), de 2004, determina que produtos que têm o amianto como matéria-prima não podem ser descartados em qualquer local. “A descontaminação é muito difícil de ser feita devido ao alto custo e apenas em alguns casos é realizada, geralmente em indústrias. O material não é reciclável e o melhor que o consumidor pode fazer é consultar a administração regional ou a subprefeitura de sua cidade para saber como descartar.
O destino do amianto tem que ser um aterro para lixo perigoso e, na hora de retirar a telha ou a caixa d’água, é preciso tomar todo o cuidado e evitar a quebra do material” explica Fernanda”.
Em países como os Estados Unidos e quase toda União Européia, o amianto não é mais utilizado.
A recomendação é que se substitua a caixa de água feita de amianto, porque após cinco anos de uso ela fica desgastada e não se deve fazer a limpeza com abrasivos e escovas de aço.

Então, por que ainda é utilizado?

Muitos afirmam que a proibição do amianto traria impactos econômicos significativos, como um grande número de demissões.

Além disso, seu uso permite que existam no mercado produtos com valores mais acessíveis.

Quanto aos trabalhadores, as indústrias defendem que o amianto branco seria um tipo que não causaria câncer. E que atualmente os trabalhadores usam equipamentos de proteção que evitam a contaminação.

Por estas questões (que envolvem inclusive brigas judiciais), o Ministério da Saúde recomenda a eliminação do uso de qualquer tipo de amianto, mas ainda não o proíbe.

Conclusão

Produtos que utilizam o amianto em sua composição representam grande risco para a saúde de todos e do planeta.

Como não é reciclável e ainda é um lixo considerado perigoso (que não deve ser descartado em lixo comum) não é um produto sustentável.

Fique atento se os produtos que você tem ou que irá adquirir tem amianto na sua composição. A responsabilidade também é sua: consumidores responsáveis, criam um mercado responsável.

Fonte: http://www.cliquearquitetura.com.br

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: