7 de mai de 2017

Publicado em:

Aprenda a fazer um “Pote da Gratidão”

variedades
Este é um projeto muito simples, mas com o potencial para transformar a sua vida.


A ideia por trás do objeto é tornar a gratidão parte da rotina 

Ser grato faz bem ao coração. O CicloVivo já falou sobre isso, mostrando os resultados de um estudo liderado pelo professor PhD Paul J. Mills, na Universidade da Califórnia. Segundo ele, os testes realizados mostraram que agradecer melhora o sono, diminui a fadiga e reduz os indícios inflamatórios da saúde cardíaca. (veja aqui os detalhes deste estudo).

A gratidão está constantemente ligada a aspectos espirituais, no entanto, os especialistas garantem que a espiritualidade por si só não reflete os mesmos efeitos. Para eles, esta não é a única forma de ser grato e de perceber os benefícios deste ato em diferentes áreas. A gratidão envolve identificar e valorizar os aspectos positivos da vida.

Pra deixar esta tarefa mais fácil, uma boa opção é criar um “Pote da Gratidão”. Este é um projeto muito simples, mas com o potencial para transformar a sua vida. A ideia por trás do objeto é tornar a gratidão parte da rotina, deixar visível todas as razões pelas quais podemos ser gratos e mostrar que, independente das dificuldades e problemas, sempre existem motivos para reacender a alegria dentro de cada um.

O “Pote da Gratidão” não tem uma norma quanto ao formato. Basta escolher um vasilhame grande, pode ser um pode de vidro reaproveitado, e decorá-lo com quiser, lembrando que é essencial que ele tenha a palavra “gratidão” estampada e bem visível.

A regra, no entanto, está mais ligada ao uso. Para que o efeito seja sentido de verdade, é preciso criar o hábito de agradecer diariamente. Portanto, deixe sempre um bloco de papel e uma caneta ao lado do seu pote e todos os dias escreva um agradecimento e o deposite no jarro. Esses papeis se tornarão lembretes para que, nos momentos mais difíceis, você se lembre que existem coisas boas.

Uma sugestão é guardar os agradecimentos por todo o ano. Eles podem ser usados como “combustíveis” pontuais ou lidos todos de uma só vez ao final de cada mês ou ano. O “Pote da Gratidão” também pode ser de uso individual ou compartilhado entre toda a família.

Redação CicloVivo

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |:

Fechar