22 de mar de 2017

Publicado em:

Estudo sugere que pessoas que comem mais laticínios são mais magras e têm colesterol mais baixo

saúde
Um novo estudo realizado por pesquisadores na Irlanda trouxe boas notícias para os amantes de laticinios.



Em ensaios realizados com 1.500 pessoas, eles descobriram que pessoas que comiam mais desse tipo de alimento apresentavam menores percentuais de gordura corporal e IMC. A pesquisa, realizada pela Universidade de Dublin, embora surpreendente, uma vez que aprendemos que produtos lácteos são ricos em gorduras saturadas e devem ser evitados por que aumentam o colesterol (LDL) e consequentemente o risco de doenças cardíacas, de fato sugere que queijo, manteiga e nata não podem ser culpados.



“O que vimos foi que os consumidores mais frequentes [de laticínios] tinham uma ingestão significativamente maior de gordura saturada do que os não consumidores e os consumidores mais reduzidos, mas não havia diferença em seus níveis de colesterol LDL”, disse a pesquisadora Emma Feeney.



O estudo analisou 1.500 pessoas na Irlanda com idades entre 18 e 90 anos. Por um período de quatro dias, os pesquisadores observaram os níveis de ingestão de laticínios, que tipo de laticínios estavam consumindo e se eram de baixo ou alto teor de gordura. Os maiores consumidores, após serem controlados por ingestão calórica, sexo, idade, classe social e tabagismo, tinham apresentado menores números de IMC, percentual de gordura corporal, menores cinturas e maior sensibilidade à insulina em comparação aos menores consumidores de laticínios.



Os pesquisadores observaram também que até mesmo os que haviam consumido mais iogurte e leites magros tinham menores índices de gordura corporal, enquanto que os maiores consumidores de queijo não apresentaram diferenças nos marcadores de saúde metabólica. Ainda, os ensaios mostraram que o colesterol total era menor no grupo de consumidores de queijo, manteiga e creme do que nos consumidores de leite magro e iogurte. Isso significa que os que consomem produtos lácteos de baixas de gorduras tinham índices mais elevados de colesterol.

Fonte: http://www.jornalciencia.com

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |:

Fechar