9 de mar de 2017

Publicado em:

Em ato bárbaro, caçadores matam rinoceronte em zoológico de Paris

notícias
Vince tinha quatro anos e pertencia a uma subespécie de rinoceronte que está "extremamente ameaçada"



Caçadores furtivos invadiram um jardim zoológico em Paris, na França, e mataram um rinoceronte para roubar seus chifres durante a noite da última segunda-feira.

Acredita-se que este seja o primeiro caso do tipo na Europa. Vince, que tinha quatro anos de idade, foi encontrado morto pela equipe do Zoológico de Thoiry na terça-feira de manhã.

O zoológico, situado nos subúrbios da capital francesa, disse em um comunicado que os caçadores ilegais provavelmente utilizaram uma motosserra elétrica para executar o ato bárbaro. Uma operação policial está em curso para identificar os criminosos.

Nascido no zoológico de Burgers em Arnhem, na Holanda, no final de 2012, Vince chegou ao jardim zoológico parisiense em março de 2015. Segundo o zoológico, ele pertencia a uma subespécie de rinoceronte branco do sul que está “extremamente ameaçada”.

O zoológico anunciou a notícia em sua página do Facebook. Os dois outros rinocerontes brancos do lugar – Gracie, de 37 anos, e Bruno, de 5 anos – “escaparam do massacre” e saíram ilesos.

O rinoceronte branco é uma espécie ameaçada de extinção, com cerca de 21.000 espécimes restantes em todo o mundo, principalmente na África do Sul e Uganda. Seus chifres são vendidos no mercado asiático, onde são valorizados por suas supostas qualidades afrodisíacas, podendo alcançar até 50.000 dólares.

De acordo com a ONG conservacionista WWF , em 2015, mais de 1.300 rinocerontes foram mortos por caçadores na África para abastecer um mercado negro que movimenta cerca de 70 bilhões de dólares por ano.

Em tempos radicais, medidas extremas entram em cena.

Para retirar os rinocerontes de áreas de risco, cada vez mais grupos de proteção recorrem a um transporte por vias áreas incomum: o animal é sedado e em seguida carregado de ponta-cabeça por helicóptero até uma área mais segura, ou até um aeroporto, de onde parte para viagens mais longas.

No Zimbabué, as autoridades anunciaram até mesmo que removeriam os chifres de 700 rinocerontes adultos para dissuadir os ataques de caçadores furtivos, relata o The Guardian.

Fonte: http://exame.abril.com.br

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |:

Fechar