13 de nov de 2016

Publicado em: ,

FRACKING: Legado de destruição em 15 imagens

destaques meio ambiente

Fraturamento hidráulico, ou FRACKING, é a tecnologia altamente poluente para extração de petróleo e do gás de xisto do subsolo, através de um coquetel de 600 substâncias, milhões de litros de água doce e toneladas de areia. Para liberar o metano do folhelho pirobetuminosos de xisto, insere-se uma tubulação por onde é injetada água doce misturada a substâncias tóxicas, cancerígenas e radioativas e areia para ‘fraturar’ a rocha. Após as explosões, parte do fluído do Fracking retorna à superfície pela tubulação contaminando o solo e o ar, enquanto o restante permanece no subsolo até chegar aos aquíferos – que também são contaminados pelo metano.

Em síntese, este é o FRACKING, método não convencional banido em vários países por seus impactos irreversíveis ao ambiente, à economia e a todas as formas de vida e que o governo quer permitir no Brasil. Pelo menos 15 Estados já tiveram seu subsolo vendido pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) e outros leilões devem acontecer em breve.

Nós da COESUS – Coalizão Não Fracking Brasil e pela sustentabilidade, 350.org Brasil, Fundação Cooperlivre Arayara e parceiros lutamos para impedir que o Fracking aconteça no Brasil, na América Latina e em qualquer lugar desse planeta.

Selecionamos 15 imagens de diferentes partes do mundo onde o Fracking acontece para que você conheça o legado de destruição e devastação e nos ajude a evitar essa ameaça ao futuro do Brasil.

1- Contaminação os aquíferos pelo metano liberado da rocha de xisto, que torna a água inflamável.
Foto: Documentário Gasland; Reprodução HBO.
 2 – Poluição de nascentes, rios e córregos pelas substâncias utilizadas no Frcking.

Foto: Indiana, EUA; Seamus Murphy VII.


3 – Torna o solo infértil para a agricultura e pecuária


Foto: Getty Images.


4 – Não há tratamento possível para os resíduos do Fracking que retornam à superfície.


Foto: Marc Silver/The Filmmaker Fund.


5 – Agrava a poluição do ar no entorno dos poços de Fracking.


Foto: Erin Trieb/ProPublica.


6 – Causa câncer e doenças crônicas, especialmente em crianças e idosos, infertilidade, nascimentos prematuros e abortamento .


Foto: Reprodução MyFoxDFW.


7 – Toneladas de material radioativo são apenas um dos muitos problemas do Fracking.


Foto: BIll Hughes.


8 – Elimina todos os ecossistemas, fragmenta a biodiversidade e causa morte e destruição.


Foto: Chris Boyer/kestrelaerial.com.


9 – Fracking desperdiça milhões de litros de água que poderiam ser utilizados para agricultura e consumo humano e animal.


Foto: Jae C. Hong/AP
 10 – Pela intensa atividade sísmica no subsolo, Fracking causa terremotos.
Foto: Sue Ogrocki/Associated Press

11 – Torna o solo instável, com a possibilidade de um colapso.
Foto: Texas; Southern Methodist University.
12 – Intensifica as mudanças climáticas pelo metano fugitivo que chega à atmosfera pelas fissuras.
Foto: Percy FEeinstein/Corbis.

13 – A indústria do Fracking expulsa das terras os povos originários, indígenas e comunidades tradicionais.
Foto: Argentina; COESUS/350Brasil

14 – Contaminação dos funcionários com os produtos radioativos utilizados no processo de Fracking.
Foto: Ohio Department of Natural Resources.

15 – Fracking provoca danos irreversíveis e representa o que há de pior para o clima e para as pessoas.
Foto: Texas; Amy Youngs.

Fonte: http://naofrackingbrasil.com.br/

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: