4 de jul de 2016

Publicado em:

Captador de água movido a energia solar é alternativa para produção rural.

curiosidades
A tecnologia proporciona altas vazões de água, com baixa potência e bombeamento constante. | Foto: Reprodução/YouTube

O equipamento ajuda os produtores a terem água de qualidade, obtida de forma sustentável e muito mais econômica.

A agricultura e a pecuária estão entre as atividades responsáveis por grande parte das emissões globais de gases de efeito estufa. Para minimizar os impactos ambientais, diversas empresas têm desenvolvido tecnologias mais eficientes. Um desses exemplos é um sistema de captação de água equipado com placas fotovoltaicas.

Criado pela empresa brasileira Anauger, o P100, consegue captar água e destiná-la aos reservatórios sem que seja necessária a utilização da eletricidade vinda das redes de transmissão. O equipamento foi lançado em 2011 e ajuda a melhorar as condições principalmente em fazendas afastadas e não cobertas pela rede elétrica.

De acordo com Marco Aurélio Gimenez, o intuito do equipamento é ajudar produtores a terem água de qualidade, obtida de forma sustentável e muito mais econômica.

A tecnologia proporciona altas vazões de água, com baixa potência e bombeamento constante, independente de variações no nível de irradiação solar. A água é captada dos poços para a superfície, abastecendo bebedouros ou reservatórios. O produto funciona através de tecnologia fotovoltaica. A luz solar, armazenada nos painéis passa pelo driver, que a converte em energia elétrica promovendo o funcionamento da bomba. Em um dia de sol intenso, o equipamento é capaz de bombear mais de oito mil litros de água ininterruptamente.

Os benefícios econômicos e ambientais do sistema têm ajudado muitos produtores rurais, como é o caso de José Carlos Zanenga. “Enfrentávamos uma grande dificuldade com a questão de água por conta de o poço ficar em um lugar alto e longe do nosso rebanho. Utilizava o catavento, mas sozinho ele não estava sendo suficiente para obtermos o recurso necessário, então apelava para a bomba a gasolina para os casos de emergência, só que o custo era elevadíssimo. Ao fazer pesquisas para amenizar isso, descobri o sistema solar, que vem atendendo perfeitamente a demanda de minha propriedade. Com essa substituição, não preciso me preocupar com a forma que a água está sendo captada, pois ela nunca falta. Tem nos atendido da melhor forma possível”, explicou.

Fonte: http://ciclovivo.com.br/

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: