21 de jun de 2016

Publicado em:

São José dos Campos, em SP, terá plantio de 97 mil árvores até o fim de 2016.

meio ambiente
No ambiente urbano, as árvores influenciam o microclima, contribuindo com a regulação de temperatura, umidade do ar e frequência de chuvas.


A Prefeitura de São José dos Campos fará o plantio de mais de 97 mil árvores nas zonas urbana e rural do município até o fim deste ano. Os trabalhos serão coordenados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semea) e Secretaria de Serviços Municipais (SSM).

O plantio em área urbana visa o enriquecimento arbóreo dos bairros em três eixos de atuação. No mais amplo deles, as regionais da SSM plantarão 320 árvores por semana, totalizando 1.280 a cada mês e 10.240 até o fim do ano. A operação teve início em abril e segue até dezembro em locais como região central, Jardim das Indústrias, Jardim Satélite, Santana, Novo Horizonte.

Outra ação da SSM é o Programa “São José Mais Verde”, que atende as áreas com baixo índice de arborização. Serão plantadas 884 árvores, de aproximadamente 2,5 metros de altura, em 80 ruas e avenidas nos bairros Vila das Flores, Jardim Cruzeiro do Sul, Jardim República, Jardim Nova República, Jardim dos Bandeirantes e Jardim Santa Edwiges.

A terceira ação em área urbana será por meio do Programa Revitalização de Nascentes, da Semea. Serão realizados o plantio de 2.100 mudas em áreas de nascentes no Jardim Satélite, Campo dos Alemães, Vista Verde, Pararangaba e Jardim São Vicente. O trabalho envolve o plantio, a conservação e a manutenção das mudas pelo período de 36 meses. O objetivo é promover a recomposição da mata ciliar em áreas de preservação que ficam dentro da cidade.

No ambiente urbano, as árvores influenciam o microclima, contribuindo com a regulação de temperatura, umidade do ar e frequência de chuvas. Melhoram a qualidade do ar, reduzem a poluição sonora e os ventos, fornecem sombra e impedem erosões. Além disso, tornam a paisagem mais agradável. Hoje São José possui 130 mil árvores no perímetro urbano.

Na área rural, a Semea concentrará os plantios de espécies nativas nas áreas de preservação ambiental. A ação será realizada a partir da estação das chuvas, em setembro, promovendo a recomposição da mata ciliar ao longo de nascentes e córregos.

Em 2017, terá continuidade a restauração de áreas de preservação permanente nas nascentes e margens de córregos na Bacia do Rio do Peixe, com o plantio de 126 mil árvores, ampliando a escala de restauração prevista pelo São José Mais Água.

Fonte: Prefeitura de São José dos Campos - http://www.ecycle.com.br/

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: