26 de abr de 2016

Publicado em:

Benefício do morango.

saúde

O consumo de 37 morangos por dia poderia ajudar pessoas que sofrem de diabetes tipo 1 a evitarem complicações na doença. A fisetina, um flavonóide encontrado em abundância no morango (e em menores quantidades em outras frutas e vegetais) pode ser o responsável por esse benefício.

Pesquisadores do Salk Institute’s Cellular Neurobiology Laboratory estudaram o efeito que essa substância tem em ratos com diabetes tipo 1. Os animais foram alimentados com uma dieta rica em fisetina, e apesar de os ratos terem continuado diabéticos, outros problemas de saúde foram tratados. O aumento do tamanho do fígado e hipertrofia foram revertidos, e sinais de doença renal, como altos níveis de proteína na urina, sofreram reduções.

Os pesquisadores observaram que os níveis de açúcar em proteínas no sangue e cérebro diminuíram em ratos que receberam as dietas. Quando esses níveis ficam excessivamente altos, atividade inflamatória pode ocorrer. Existem estudos que mostram que essa atividade está associado à formação de alguns tipos de câncer.

“O estudo descreve pela primeira vez um medicamento que previne complicações no rim e no cérebro em modelos de ratos com diabetes tipo 1”, afirma David Schubert, co-autor do estudo.

A fisetina já havia sido identificada como um flavonóide neuroprotetor por pesquisadores do instituto. Eles acreditam que ela pode ser a substância que provê o fator protetor da dieta mediterrânea.

A pesquisa foi publicada em PLOS ONE.

Fonte: UPI – Boa saúde

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: