6 de mar de 2016

Publicado em:

Paraná proíbe a extração de pele animal.

variedades
No Paraná uma nova lei proíbe a criação de animais para a extração de suas peles. O estado que segundo a entidade Proteção Animal Mundial (World Animal Protection) é o segundo maior produtor do Brasil, responsável por 20% do mercado nacional de peles de chinchilas, coelhos, raposas e esquilos, agora se iguala a São Paulo – que proibiu esta prática em 2014 – e deixa de permitir a criação ou a manutenção de animais com a finalidade exclusiva de extração das suas peles, em todo o seu território.

O projeto de lei 217/2015 dos deputados Rasca Rodrigues e Felipe Francischini, que havia sido vetado pelo governador, foi aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais no último dia 29. Com a nova lei, que deve entrar em vigor nos próximos dias, animais domésticos, domesticados, nativos, exóticos e silvestres ficam protegidos. No Paraná, as espécies mais utilizadas pela indústria de peles são chinchilas e coelhos, e em menor escala esquilos e raposas.

Segundo os deputados, a proibição é necessária para pôr fim às práticas de extrema crueldade constatadas na criação, no abate e na retirada das peles pela indústria de casacos. Durante a criação, os animais são confinados em gaiolas em condições precárias, abatidos por eletrocussão, degola e sem anestésicos, além das peles serem retiradas, em muitos casos, com os animais ainda vivos.

“Nossa proposta é clara ao combater quem cria exclusivamente os animais para extrair suas peles. Ou seja, não há prejuízo econômico, apenas queremos fechar o cerco contra quem comete este tipo de atrocidade”, explicou o deputado coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais Rasca Rodrigues.

Multa: Os criadores que descumprirem as medidas da nova lei ficarão sujeitos à multa de cerca de R$ 4 mil, por animal. Em caso de reincidência, o registro de criador também poderá ser cassado.

50 chinchilas: é o número de animais necessário para fazer um único casaco de pele

Agenda
Sábado 05

· Evento de adoção de cães do Grupo Salva Bicho, especial aniversário da protetora Fabiane Rosa. Na Praça Santa Filomena, Rua Augusto Stresser – Hugo Lange, das 10h às 16h30.

· Campanha de adoção de cães e gatos do Animalia Curitiba, no Espaço Pet Curitiba, Rua Nilo Peçanha, 760 – Bom Retiro, das 10h às 17h.

· Campanha de adoção de cães do Animalia Curitba e Petshow Água Verde, na Av. República Argentina 900 – loja 18 (dentro do supermercado Angeloni), das 9h às 17h.

· Campanha de adoção de cães da ONG ProBem Curitiba, na Praça da Rua João Bettega, em frente ao nº 1250 – Portão, das 10h às 16h.

· Campanha de Adoção de Cães da ONG Tomba Latas, no Valentyna Pet Store, Rua Professor Ulisses Vieira, 448 – Vila Izabel, das 10h às 16h.

· Feira de adoção responsável de cães e gatos do EsalPet Petshop, na Rua 24 de Maio, 1875 – Rebouças, das 10h às 16h.

· Bazar em prol dos animais do Beco da Esperança, na Rua na Engenheiros Rebouças, 2846 – Rebouças, das 10h às 16h.

Domingo 06

· V Evento “Deixe um cachorro te levar para passear”, promovido pelo Grupo Força Animal. Venha conhecer os cães disponíveis pra adoção e se divertir com eles! No Museu Oscar Niemeyer, Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico, das 14h às 18h.

Quer contar uma história com seu pet, sugerir um tema ou publicar a foto de um animal disponível para adoção? Escreva para gente: animal@tribunadoparana.com.br

Fonte: Paraná Online

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: