8 de ago de 2015

Publicado em:

“SC - Acelerando a Economia” trará novos investimentos em portos de Santa Catarina

notícias

Um conjunto de investimentos públicos e privados deverá injetar até R$ 7 bilhões na economia de Santa Catarina, R$ 2,7 bilhões no prazo de três anos em projetos próximos às áreas portuárias do Estado. Os valores foram anunciados pelo governador Raimundo Colombo nesta terça-feira (04), em Florianópolis, durante o evento “SC – Acelerando a Economia – Edição Portos”, que teve as presenças dos ministros Edinho Araújo, de Portos, e Kátia Abreu, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.




O encontro foi promovido pelo Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria da Fazenda, FIESC - Federação da Indústria de Santa Catarina e do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, com o objetivo de promover investimentos nos seis principais portos catarinenses (Imbituba, Itajaí, Navegantes, São Francisco do Sul, Itapoá e Laguna) e planejar futuros negócios. “Os portos do Estado são essenciais para a economia brasileira, sobretudo neste momento de ajuste fiscal. Santa Catarina é o segundo maior polo portuário em total de cargas transportadas por contêineres do Brasil. No ano passado, os portos catarinenses movimentaram US$ 21 bilhões em 2014, entre importações e exportações”, destacou o ministro Edinho Araújo, lembrando que a SEP está envidando esforços para atender as reivindicações feitas pelo governador Raimundo Colombo e pelos operadores portuários. O ministro fez também um balanço das possibilidades de investimentos dentro do PIL Portos, o Programa de Investimentos em Logística lançado dia 9 de junho pelo governo federal. Dos R$ 37,4 bilhões previstos em investimentos privados até 2018, o Estado de Santa Catarina deverá receber mais de R$ 366 milhões. “Temos um arrendamento de área, previsto para o bloco dois, de R$ 200 milhões, em São Francisco do Sul, para carga geral. Dois novos terminais de uso privado (TUPs), com investimento de R$ 103 milhões, no porto de Itajaí, para granel sólido, e de R$ 6 milhões para granel líquido e gasoso, contêiner e carga geral, além de uma renovação de arrendamento de R$ 57 milhões”, anunciou Edinho Araújo. O governador Raimundo Colombo agradeceu pelo apoio da SEP aos projetos do Estado. “Mantemos uma parceria importante e confiamos que o ministro tratará com carinho os pleitos do Estado”, disse. O ministra Kátia Abreu anunciou durante entrevista coletiva que o Ministério da Agricultura está remanejando pessoal para atender às necessidades de fiscalização nas operações portuárias e que o déficit de pessoal hoje existente será contornado por meio de concurso público. A ministra também anunciou que até o final do ano o Canal Azul, programa que monitora as cargas desde o abatedouro até o embarque das carnes, será estendido a todos os portos brasileiros.

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria de Portos - SEP/PR
comunicacaosocial.sep@portosdobrasil.gov.br

Alfredo de Pontal

Autor & Editor

O portal Águas de Pontal abre as cortinas para mostrar o grande espetáculo da vida proporcionado pela Mãe Natureza e seus atores: o ser humano íntegro voltado à reconstrução.

 

Não perca nossas publicações...

Inscreva-se agora e receba todas as novidades em seu e-mail, é fácil e seguro!

Desenvolvido por YouSee Marketing Digital - Nós amamos o que fazemos
| Hosted in Google Servers with blogger technology |: